moda é fútil?

A moda é frequentemente vista como algo menor e, muitas vezes, fútil, sem importância. Quando pensa em moda, o que vem à sua mente? Um desfile com roupas muito caras e modelos magérrimas? O que está exposto nas vitrines das lojas? O que influenciadoras postam em seus perfis no Instagram com milhões de seguidores?

Vamos falar um pouco mais sobre isso?

A palavra “moda” vem do latim MODUS e significa “modo”. E, muito mais que roupa, a moda tem o poder de dizer muito sobre uma pessoa, uma época, um grupo, uma sociedade. Históricamente as pessoas eram divididas (e foram estudadas através das fotografias e pinturas) através da indumentária.

O tecido e até as cores das vestes de uma pessoa indicariam a que classe ou grupo social a pessoa pertencia, se era trabalhador, dona de casa, ou de classes mais altas – porque, principalmente para mulheres, algumas roupas tornavam impossível exercer qualquer função.

E, dentro da moda, escolhas são feitas até por quem diz não preocupar-se com a moda. Qualquer pessoa que possui mais de duas peças de roupa e pode entrar em uma loja para comprar faz escolhas dentro da moda. E justamente nessas escolhas está a moda.

Se você escolhe uma loja onde você entra para realizar uma compra, escolhe a cor de uma blusa, um tecido, se tem bolsos ou não, se é curta ou longa. Se você abre seu guarda-roupas pela manhã e precisa escolher, mesmo que seja um modelo de jeans e camiseta, escolhas foram feitas em todo esse processo. Então você já faz parte da moda.

A questão que fica é: será que as escolhas que você tem feito ao consumir e se vestir refletem quem você realmente é ou como quer ser reconhecido?

Me siga no instagram @nayaratognere ou fale comigo no WhatsApp 27 99312 8624 pra gente continuar essa conversa!

You may also like

Deixe um comentário