Significado das cores e coloração pessoal

É comum vestir-se de branco na virada do ano mas também existem várias superstições relacionadas à cor da roupa íntima e cores que podem atrair amor, paixão, riqueza, entre outros. Diz a superstição que: amarelo – traz riqueza, rosa – traz amor, vermelho – da paixão, laranja – atrai sucesso, verde – da esperança, azul – para serenidade, violeta – para espiritualidade.

Mas será que a gente pode tirar algum sentido disso tudo dentro da análise cromática? Vamos descobrir!

De uma forma geral, cores mais claras transmitem mais delicadeza, enquanto as mais saturadas transmitem modernidade. Claro que ainda depende do tom. Quanto mais pigmento amarelo em uma cor, mais quente (aí entram nas cartelas de primavera e outono). Quanto mais pigmento azul, mais frias (aí pertencem a cartelas de verão e inverno).

Vamos começar pelo amarelo então. É uma cor rapidamente captada pelos olhos e registrada pelo cérebro (esse é um dos motivos pelos quais loiras chamam atenção mais do que morenas). É uma cor que estimula a mente, transmite alegria, extroversão e otimismo. Não dá pra relacionar essa cor a uma pessoa triste, ne? Mas apesar de transmitir essas sensações positivas também pode causar desconforto, impaciência (ou seja, não é uma cor indicada para uma professora, palestrante, ou para uma reunião com cliente ou chefe). Em tons claros pode transmitir delicadeza então vale lembrar dessas variações dependendo do tom escolhido. O amarelo em tons quentes como o mostarda também pode ter um efeito elegante dependendo da modelagem e tecido escolhidos.

Veja como o amarelo menos vibrante em corte alfaiataria pode ir ao ambiente de trabalho sim, em tons mais vibrantes em tecidos como cetim fica super sofisticado, em tons clarinhos pode ficar bem romântico também.

O rosa é uma cor muito ligada à feminilidade, transmite romantismo, delicadeza. Quem veste essa cor facilmente passa uma imagem de afeto, gentileza. Como é uma cor que transmite essas sensações ligadas à fragilidade, usar em ambientes que se quer demonstrar autoridade ou força vai exigir mais atenção à modelagem, caimento, corte, escolha do tecido, acessórios. E não dá pra resolver com tons mais fortes porque os tons muito vibrantes também são interpretados como pouco profissionais. Não é impossível usar mas vai exigir mais esforço. Então se você ama rosa, vale apostar na cor para ambientes de lazer.

O rosa sempre vai ser ligado ao feminino, mas em dosagem maior ou menor dependendo do tom e modelo. Em terminhos ou cortes mais retos ele fica menos delicado. Em tons mais opacos pode ficar elegante. Em tecidos mais fluidos fica ainda mais romantico. Em tecidos mais encorpados ficará mais moderno.

O vermelho é muito amado por umas e odiado por outras. Em sua versão mais quente (com mais adição de amarelo) transmite energia, intensidade, são relacionados à sexualidade. Em sua versão mais fria (com mais adição de azul) pode ficar super elegante, transmitir força e poder. É uma cor que estimula os sentidos, transmite energia, por isso usar batom vermelho em dias que a gente está desanimada ou com carinha de cansada pode dar um up na autoestima! Por ter essa relação com sexo e poder é uma cor que deve ser usada com cuidado em ambiente de trabalho – mas não é proibida!

O vermelho em renda ou babados fica ainda mais sensual, use em tecidos mais estruturados e o efeito pode ser mais moderno. Tecidos mais opados trazem mais elegância, e quanto mais brilho mais chamativo!

O laranja também transmite muita energia, a pessoa que o veste transmite uma imagem amistosa, calorosa mas também há restrições para ambientes profissionais, já que pode transmitir imaturidade ou pouco profissionalismo. Em tons mais escuros, terrosos pode ficar elegante se aliado a um corte alfaiataria, por exemplo.

A modelagem aliada à cor faz toda a diferença, veja o laranja em modelagens mais esportivas como pode ficar bem alegre, em tecidos fluidos até ele fica mais romântico. E vale até pra looks formais mais modernos. Uma versão mais elegante seria a cor em sua versão mais opaca e terrosa.

O verde representa equilíbrio, é uma cor relaxante para os olhos (por isso é comum que ambientes como sala de espera sejam pintados de verde). Pode representar conforto, amizade, responsabilidade, harmonia, organização, cura. É uma ótima cor para ser usada em situações que precisa-se de calma – e isso vale tanto pra transmitir calma ou para quem quer sentir-se mais calmo.

O verde é bem democrático e tem suas versões mais elegantes tanto nas versões mais quentes quanto mais frias. Especialmente em tons escuros fica super elegante, quando é bem escuro substitui até o preto – favorecendo a harmonia de muitas pessoas mais do que o preto.

Por ser associado à cor do céu e da água, transmite uma conotação espiritual. Também é ligado à confiança, serenidade, honestidade. O tom marinho é perfeito para o ambiente profissional mais tradicional. Tons mais vivos como o royal e turquesa podem transmitir criatividade e originalidade.

O azul marinho é super democrático, é a escolha perfeita pra quem ainda não sabe a sua cartela ainda. Em versões mais claras fica delicada e favorece quem tem pele/olhos/cabelos claros. Em tons mais intensos e contrastados favorece quem tem médio a alto contraste (tem post aqui no blog ensinando a identificar o seu!)

O violeta é uma cor ligada à nobreza (por ser um pigmento muito difícil de se conseguir então, no passado, apenas a realeza conseguia usar roupas nessa cor). Também é relacionada ao exotismo, espiritualidade. Tons muito escuros podem transmitir distanciamento (roupas associadas a fantasia de bruxa são muito usadas nesses tons, lembra?).

Os tons mais escuros proporcionam um resultado mais moderno mas se você gosta do tom mas deseja um visual com menos impacto eu recomendo acessórios mais delicados e maquiagem leve. Os tons clarinhos transmitem mais delicadeza então vale complementar com acessórios mais pesados para fazer um contraponto.

O branco é a mistura de todas as cores. É o símbolo de um poder espiritual, ligado a divindades. Transmite pureza, confiança, renovação, sabedoria. Por isso é uma cor muito usada em jalecos para profissões que precisam transmitir sensação de confiança.

Também já contei aqui no blog – no post anterior – que tem vários tons de branco para cada coloração. Algumas belezas vão ser mais favorecidas pelo branco puro mas existem versões off white mais acinzentadas ou mais amareladas que podem proporcionar a mesma sensação mas harmonizando com diferentes belezas.

Agora, será que dá pra usar preto no look da virada? Se você não for supersticiosa eu apoio (e provavelmente usarei). Preto é a ausência de cor e algumas vezes pode transmitir sensação de que quem o veste não é amigável – por isso nem sempre será a escolha mais segura. Mas ele também pode transmitir uma imagem de confiança e poder, essas são algumas das razões pelas quais o preto é uma cor tão amada. Mulheres e homens se sentem bonitos ao vestir preto mas, pensando em harmonia e coloração pessoal não é uma cor que favorece a maioria das pessoas, essa percepção é mais relacionada a sensação que essa cor proporciona.

Se a intenção é reforçar a elegância e poder do preto, pode apostar em tecidos mais estruturados e cortes retos. Mas se você quer trazer mais leveza para esse visual, aposte em decotes mais abertos, transparência e tecidos fluidos. Recortes também podem trazer um resultado bem moderno e, dependendo de como estão posicionados, reforçar o lado sexy.

E aí, qual vai ser sua escolha? Me conta depois!

Entre em contato para descobrir sua cartela e todas as possibilidades de cores para você! Clique aqui para agendar ou fale comigo no whatsapp 27 99312-8624

You may also like

Deixe um comentário