Repetir roupa em eventos: pode?

Há alguns dias fui a um evento e lancei um #DesafioDeEstiloDaNay sobre repetir roupas. Essa foi a composição que usei no evento: body de poá com vestido tomara que caia preto. A proposta era repetir as duas peças nos dois dias de evento na semana seguinte.  Vamos ver?

(No primeiro dia consegui esse registro da All Live mas nos outros tive que me virar sozinha, gente!)


Hoje em dia as pessoas estão mais à vontade com essas repetições, principalmente por motivos financeiros. A gente até repete roupa no trabalho e dia a dia mas ainda vejo muita resistência quanto a repetir roupas em festas.

Eu mesma já me vi muito em situações em que eu pensava que já tinha usado uma roupa X em evento Y e precisava de outra.

Que bobagem, gente! Primeira dica: só de mudar cabelo, maquiagem e acessórios (que, em geral, custam menos) já deixamos a roupa com outra cara.

Esse é o look 1 do desmembramento das peças. A base era o body de poá, que é transparente. Eu já usei em festinhas com um top por baixo mas né dessa vez não era baladinha e eu queria que o resultado fosse mais elegante então usei a camisola (sim, você leu certo haha) como blusa! Ela é de cetim, levinha, tem detalhe de renda e funciona como uma regatinha de seda (olha no seu armário se você não tem uma pode ter uma camisola que substitui ein!).
Como a parte de cima já estava em um estilo mais sexy, coloquei a calça preta de alfaiataria sem muitas informações pra proporcionar um pouquinho de sobriedade no look (pensa que se fosse uma calça justa ou uma saia com fenda eu ia reforçar ainda mais a sensualidade da parte de cima).

O segundo look é meu preferido e já adianto que é bem possível que irei repetir em outro evento, ok?

Eu comecei com a saia de tule que ficou aparecendo na barra, detalhezinho charmoso que até parece fazer parte do vestido. Usei um colar delicado e aí o look ficou bem menininha e arrumadinho.
Mas era um evento de casamento/moda com desfile então eu não precisava estar tão formal e resolvi quebrar esse look arrumadinho acrescentando a jaqueta de couro e um tênis.
Na hora de colocar a bolsa achei que ela estava clássica demais também e amarrei um lencinho estampado na alça. Um ótimo truque pra mudar a cara da bolsa sem precisar comprar uma nova.

O resultado foi esse aí, várias peças clássicas, uma base mais romântica mas em uma mistura que deixou o resultado final mais moderninho.

E aí, qual foi seu preferido?

Siga no instagram @nayaratognere para acompanhar diariamente dicas como essas!

You may also like

Deixe um comentário